PMSB equipa Faculdade com aparelho sofisticado

Os estudantes de Engenharia Hidráulica, em breve poderão aprender a fazer batimetria e medir a vazão de rios com uma aparelho sofisficado, o ADCP-S5 da Sontec, que além de medir a velocidade de vazão, indispensável para a coleta de água para tratamento, também faz a batimetria que é a medição da profundidade das águas e determinação da topografia de um curso de água.
O equipamento que fornece ainda outras medições, funciona com sistema combinando frequências acústicas para garantir precisão em canais rasos e profundos e com um feixe vertical para definição precisa da seção do canal, ampliando a profundidade da medição da vazão.

O equipamento foi apresentado e entregue aos professores e técnicos da Faculdade de Engenharia Sanitária e que passaram por um treinamento para manejá-lo em toda a sua complexidade. O treinamento ministrado pelo especialista sênior em Hidrologia, Cristiano Augusto Leonardo capacitou os técnicos e professores da UFMT para as complexidades que envolvem sua operação tanto teoricamente nas salas do Faculdade, como numa demonstração prática no rio Soberbo, na região do Manso. O equipamento faz parte da contrapartida do convênio Funasa/UFMT/Governo do Estado.
Além dos técnicos Pedro Rocha e Marcio Meca, participou do treinamento o professor de Hidráulica Weliton Ttatom, a diretora da Faculdade Margarida Marchetto e o /chefe do departamento de Engenharia Sanitária Tadeu Latorraca, além do estudante Oátomo Modesto.
O equipamento faz parte da contrapartida do convênio Funasa/UFMT/Governo do Estado.