058 – Santa Carmem

 

Download do Plano de Saneamento Básico: PMSB_Santa Carmem

Download do Relatório Técnico: RT_Santa Carmem

 

População estimada 2015: 4292 habitantes

População 2010: 4085 habitantes

Área da unidade territorial (km²): 3855,362

Densidade demográfica (hab/km²): 1,06

Bioma: Amazônia

Prefeito 2017: RODRIGO AUDREY FRANTZ

O colonizador Ênio Pepino foi um plantador de cidades, permitindo, ao longo dos anos, que suas ações ajudassem milhares de pessoas a concretizarem seus sonhos de posse de terra, quer seja um lote urbano ou rural.
Fecunda foi sua trajetória de ″semear″ povoações, muitas das quais grandes cidades tanto no Estado de Mato Grosso, quanto no Paraná, onde atuou antes de vir à região centro-oeste brasileira.
Ao longo de seu caminho colonizou em terras mato-grossenses, o Comendador Enio Pepino ″brindou″ algumas pessoas que lhe eram muitas caras, de forma especial – deu às cidades em formação seus nomes. Assim fez com Vera, Claudia e finalmente Santa Carmem, a quem homenageou com o nome de sua tia.
O movimento colonizador de Santa Carmem é contemporâneo ao de Sinop, metrópole norte mato-grossense, que recebeu forte fluxo migratório, a partir do início de 1972.
Os primeiros povoadores do lugar tiveram imensas dificuldades de adaptação de clima e cultura regional.
A floresta Amazônica representava uma barreira enorme a transpor. As primeiras estradas foram abertas na raça, e os pioneiros velaram-se de todos os recursos possíveis, desde o enxadão e machado até o uso de motosserras, não muito comum na época.
Grande parte dos colonos que aqui chegaram vinha do Estado do Paraná.
Ocorre que a empresa povoadora tinha sede em Maringá, onde era feita ostensiva publicidade da fertilidade do solo e das favoráveis condições da se adquirir lotes rurais e urbanos. Isso foi o suficiente para que levas de interessados vendessem seus pequenos sítios ou chácaras no interior daquele estado sulista, e para cá se deslocassem com suas famílias, esperançosos de adquirirem área substancial.
Para muita gente este sonho transformou-se em realidade.
No inicio da povoação, em que os primeiros colonos começaram a proceder ao desmatamento para deitarem na terra sementes para sua própria subsistência, preocuparam-se também com a necessidade de infraestrutura social, religiosa e de serviços gerais.
Uniram-se os colonos em sistema de mutirão e construíram as primeiras escolas, a primeira igreja e as moradias do lugar. Os pioneiros ajudavam-se mutuamente, pois tinham somente uns aos outros. O povoamento foi se desenvolvendo, o comercio aumentado e a força política acompanhou o desenvolvimento do lugar.

Distrito criado com a denominação de Santa Carmem, pela lei estadual nº 4415, de 09-12-1981, subordinado ao município de Sinop.

Fontes: IBGE

Equipe

Contato

Cleide M. C. Santana cleide.santana@pmsb.ic.ufmt.br
Cassiano R. Corrêa cassiano.correa@pmsb.ic.ufmt.br
Cristina Marafon cristina.marafon@pmsb.ic.ufmt.br

Comitê (Coordenação)

Nome

Cargo

Jorge Alberto Walker
Secretaria Municipal de Agricultura, Industria, Comercio e
Meio Ambiente
Ieda Bettoni Secretaria Municipal de Assistência Social
Silomar Alves de Carvalho Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos
Maria Mirdes Pich Representante da Câmara de Vereadores
Representante do Núcleo Intersetorial de Cooperação
Técnica – NCIT da FUNASA
Representante dos Consórcios Públicos Intermunicipais
Representante do Estado da Secretaria das Cidades

Comitê (Executivo)

Nome

Cargo

Diogo Piran Da Silva Engenheiro da Prefeitura Municipal
Paula Rodrigues Pinto Faria Técnica da Secretaria Municipal de Agricultura , Indústria, Comércio e Meio Ambiente;
Goretti Terezinha Zen Schuck
Representante dos Agentes de Combate ás Endemias
Ana Lucia Ribeiro Walker Assistente Social
Sodré Valadares Representante da Concessionária de Serviços Públicos de Abastecimento de água e Esgoto
Um Representante da UFMT

 

Etapas Para Conclusão do Plano

Status

Fase 0 – Inicialização do município

Concluído

Definição do comitê municipal (Produto A do TR) Concluído
Sensibilização(articulação FUNASA/AMM com prefeitura) Concluído
Decreto pela prefeitura Concluído
Plano de mobilização do município (Produto B do TR) Concluído

Fase 1 – Preparação do Município

Concluído

Capacitação do Município Concluído

Fase 2 – Captação de dados

Concluído

Contato com prestadores de serviço de saneamento Concluído
Coleta de dados secundários Concluído
Reunião no município Concluído
Formulário geral do município Concluído
Formulário de manejo de águas pluviais Concluído
Formulário do esgotamento sanitário Concluído
Formulário dos resíduos sólidos Concluído
Formulário do abastecimento de água Concluído
Formulário sócio econômico Concluído
Validação dos dados dos formulários Concluído
Cadastro dos formulários no sistema Concluído
Relatório Técnico Participativo Concluído
Levantamento Rural Concluído
Relatório do diagnóstico técnico participativo (Produto C do TR) Concluído
Validação do diagnóstico com o Comitê municipal Concluído
Validação do diagnóstico com o NICT – FUNASA Concluído
Apresentação para o município Concluído

Fase 3 – Prognóstico do município

Concluído

Relatório da prospectiva e planejamento estratégico (Produto D do TR) Concluído
Definição das ações, programas e projetos (Produto E do TR) Concluído
Plano de execução (Produto F do TR) Concluído
Relatório final do prognóstico Concluído
Validação do prognóstico com o Comitê municipal Concluído
Apresentação para o município Concluído
Validação do prognóstico com o NICT – FUNASA  Concluído

Fase 4 – Consolidação dos produtos e aprovação do plano no município

Concluído

Desenvolvimento da minuta de lei municipal (Produto G do TR) Concluído
Indicadores do plano (Item H do TR) Concluído
Sistema de Informação (Item I do TR) Concluído
Consolidação do PMSB (Item K do TR) Concluído