089 – Querência

População estimada 2015: 15597 habitantes
População 2010: 13033 habitantes
Área da unidade territorial (km²): 17786195
Densidade demográfica (hab/km²): 0,73
Bioma: Amazônia
Prefeito 2017: FERNANDO GORGEN

A denominação de Querência foi escolhida para marcar o cunho gaúcho da migração, pois é nome típico das plagas sulinas, ligado à tradição cultural dos primeiros moradores do lugar, os gaúchos.
As origens do município de Querência vêm da Cooperativa Mista de Canarana, fundada pelo pastor Norberto Schwantes, que adquiriu 180 mil hectares da Fazenda Betis, de propriedade da família Peres Maldonado.
O projeto fez parte de uma colonização da região compreendida entre os municípios de Barra do Garças e São Félix do Araguaia. Abrangia vasta região. A finalidade da cooperativa era melhorar as condições dos migrantes gaúchos e mesmo formar uma cidade.
A data de fundação, 8 de dezembro de 1985. No ano seguinte chegaram as primeiras famílias de gaúchos no local da futura cidade. Se bem que a formação de Querência contasse com a base logística de Canarana, os primeiros dias foram de improvisação e falta de material. Sempre a Amazônia ofereceu dificuldades de toda a ordem, em especial pelo clima, para os que nela se aventurassem.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Querência, pela lei estadual nº 5895, de 19-12-1991, desmembrado dos municípios de Canarana e São Félix do Araguaia. Sede no atual distrito de Querência (ex-localidade).

Fontes: IBGE

Equipe

Contato

Daisy Cristina Santana daisy.santana@pmsb.ic.ufmt.br
Larissa Turini larissa.turini@pmsb.ic.ufmt.br
Gabriel F. de Moraes gabriel.moraes@pmsb.ic.ufmt.br
Vinicius Guim vinicius.guim@pmsb.ic.ufmt.br

Comitê (Coordenação)

Nome

Cargo

Representando do Núcleo Intersetorial de Cooperação Técnica – FUNASA
 Representante do Governo do Estado de Mato Grosso – Secretaria de Estado das Cidades – SECID
 Jasiele Anesia Heemann Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Agricultura, meio Ambiente e Turismo
Eleandro Mariani Ribeiro Secretário Municipal de Saúde
Edison Feres Prado Secretário Municipal de Saneamento e Serviços Urbanos

Comitê (Executivo)

Nome

Cargo

 Angélica Franco Ferreira  Engenheira Civil
Paulo Rodrigues de Melo Castro  Gerente de Convênios
Juliane Bonmann Assistente Social
Dione Souza Alencar Operador de Sistema de Água e Esgoto

 

Etapas Para Conclusão do Plano

Status

Fase 0 – Inicialização do município

Definição do comitê municipal (Produto A do TR) Concluído
Sensibilização(articulação FUNASA/AMM com prefeitura) Concluído
Decreto pela prefeitura Concluído
Plano de mobilização do município (Produto B do TR)  Concluído

Fase 1 – Preparação do Município

Concluído

Capacitação do Município  Concluído

Fase 2 – Captação de dados

Contato com prestadores de serviço de saneamento  Concluído
Coleta de dados secundários  Concluído
Reunião no município  Concluído
Formulário geral do município  Concluído
Formulário de manejo de águas pluviais  Concluído
Formulário do esgotamento sanitário  Concluído
Formulário dos resíduos sólidos  Concluído
Formulário do abastecimento de água  Concluído
Formulário sócio econômico Concluído
Validação dos dados dos formulários
Cadastro dos formulários no sistema
Relatório Técnico Participativo
Levantamento Rural  Concluído
Relatório do diagnóstico técnico participativo (Produto C do TR)
Validação do diagnóstico com o Comitê municipal
Validação do diagnóstico com o NICT – FUNASA
Apresentação para o município

Fase 3 – Prognóstico do município

Relatório da prospectiva e planejamento estratégico (Produto D do TR)
Definição das ações, programas e projetos (Produto E do TR)
Plano de execução (Produto F do TR)
Relatório final do prognóstico
Validação do prognóstico com o Comitê municipal
Apresentação para o município
Validação do prognóstico com o NICT – FUNASA

Fase 4 – Consolidação dos produtos e aprovação do plano no município

Desenvolvimento da minuta de lei municipal (Produto G do TR)
Indicadores do plano (Item H do TR)
Sistema de Informação (Item I do TR)
Consolidação do PMSB (Item K do TR)

M6040-408 1Z1-580 Exam HP0-D14 Certification 500-005 Certification and facilitate your communication with us. 642-052 Dumps 000-415 Exam PDF 050-683 Exam PDF Check out the diverse feature of our products through exam demos and step towards actual purchase. private data secured through efficient security system. You can overcome your worries through customer reviews about EK0-001 PDF C6030-041 VCE 650-295 Dumps 1Z1-864 Study Guide 1Z1-542 Certification 310-052 Certification C2150-200 PDF 210-451 EXAV613X-CLV IT Exam data is not accessible for any other party without your consent. We keep a track record of your personal information and C9020-970 190-802 00M-638 IT Exam 250-403 PDF 1Z1-060 Exam PDF 000-765 Exam HC-621-ENU Exam PDF NS0-330 Exam PDF P2170-037 IT Exam HP0-Y46 Exam PDF HP0-Y30 IT Exam C_TSCM42_66 Study Guide EE0-400 Exam PDF 700-301 Dumps 156-706 PDF 1Y0-A09 VCE ITILSC-OSA OG0-093 maintaining and monitoring FIM is 21 percent. It is clear that you will need to master all TB0-120 IT Exam ACSO-TOOL-11 1Z0-871 P4110-001 Certification 251-223 Exam 1Z1-522 Exam 500-451 Dumps GCFA IT Exam 00M-654 Exam PDF