Estudantes da UFMT vão promover ações em Barão de Melgaço

Os estudantes com a professora Eliana Rondon detalhando a ida a Barão

Os estudantes com a professora Eliana Rondon detalhando a ida a Barão

 


 

Estudantes do curso de Engenharia Sanitária da UFMT começam a organizar a destinação dos resíduos sólidos em Barão de Melgaço, por meio de um estágio supervisionado. O objetivo é intervir no lixão da cidade, totalmente usado em desacordo com a legislação e adaptar o setor o mais próximo possível do que preconiza o PMSB. A ida dos estudantes atende  a necessidade do município de encontrar uma resposta para o município que teve um prazo de 60 dias decretado pelo Ministério Público para começar a sanar os problemas.

As visitas dos estudantes Marcos Oliveira, Emanuele Leoncio, Vitor Antal, Camila Kerle, Karem Mamoré e Jessica Spadoni será às quintas e sexta feiras começando neste dia 27. Supervisionados pela professora Eliana Rondon, titular da disciplina de Estágio Supervisionado, também terão a supervisão do professor Paulo Modesto, que trabalha com resíduos durante o curso. Os dois professores são coordenadores do PMSB 106, projeto que dotou os 109 municípios com menos de 50 mil habitantes de Mato Grosso dos seus planos de saneamento.

Em Barão de Melgaço os estuda Marcos Oliveira que também vê a necessidade de quanifificar o lixo para chegar a um plano de viabilidade econômica que possibilite o emprego dos cooperados. O trabalho dos estudantes, em regime de voluntariado, deverá durar pelo menos três meses.